Prefeitura de São Paulo, MP e construtoras fecham acordo para construção do Parque Augusta

A Prefeitura de São Paulo fechou um novo acordo para a melhoria da cidade, dessa vez é para a construção de um parque na chamada área nobre da Capital, no coração de SP. Acordo firmado hoje, dia 10 de agosto de 2018 com as construtoras Setin e Cyrela, que são donas do terreno do Parque Augusta, que vai virar o novo Parque.

Construtoras vão doar terreno para a Prefeitura de São Paulo, em troca de declarações de potencial construtivo a mais o que isso quer dizer? As empresas Setin e Cyrela poderão construir em outra área aquilo que chegou a ser autorizado no Parque Augusta. De acordo com o Ministério Público (MP), as construtoras vão ter que pagar para a Prefeitura R$ 10,150 milhões, isso de de indenização pelo fechamento do parque.

Além do dinheiro que será destinado a manutenção do parque, as construtoras irão gastar R$ 9,85 milhões com obras como a restauração da portaria e da edificação do antigo Colégio Des Oiseaux.

Curta Nossas Redes Sociais:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*